Mangueira escolhe o hino no Palácio do Samba para cantar as Áfricas da Bahia

0
Foto: Divulgação

Neste sábado (8), a partir das 22h, a Estação Primeira de Mangueira realizará em sua quadra uma grande festa visando escolher o hino que levará para Sapucaí no próximo Carnaval. O enredo “As Áfricas que a Bahia Canta”, que está sendo desenvolvido pelos carnavalescos Guilherme Estevão e Annik Salmon, apresentará as construções das visões de África na Bahia, a partir de sua musicalidade e instituições carnavalescas negras, destacando o protagonismo feminino nesse processo e as lutas contra intolerância, racismo e pelo fortalecimento da identidade afro-brasileira.

Para a escolha, a diretoria verde e rosa tem três sambas na disputa. As obras das parcerias de Gilson Bernini, Lequinho e Thiago Meiners vão se apresentar por 40 minutos com o apoio da bateria Tem Que Respeitar Meu Tamborim.

Ouça os sambas finalistas:

SAMBA 02 – Parceria de Gilson Bernini
SAMBA 19 – Parceria de Lequinho
SAMBA 29 – Parceria de Thiago Meiners

Em um show montado especialmente para este dia, a escola celebrará a música baiana e seus ritmos. Coordenado pelo diretor artístico Fábio Batista, o número promete emocionar o público.

Serviço:
Final de samba da Mangueira
Data: 8 de outubro de 2022 (sábado)
Horário: A partir das 22h
Local: Palácio do Samba
Endereço: Rua Visc. de Niterói 1072 – Mangueira
Ingresso antecipado: R$ 70,00
Mesa: R$ 60,00 (na hora)
Ingresso no dia: R$ 80,00

SIGA-NOS INSCREVA-SE VÍDEOS EXCLUSIVOS
Artigo anteriorImpério Serrano promove semifinal de sambas-enredo com cinco parcerias
Próximo artigoParceria de Lequinho vence disputa de sambas na Estação Primeira de Mangueira
redacao@carnavalcarioca.net.br

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.