Conheça as três parcerias que chegaram a fase final na Unidos de Vila Isabel

0
Foto: Diego Mendes

Falta pouco para a Unidos de Vila Isabel sacramentar a escolha do samba-enredo para o Carnaval do ano que vem, quando cantará na Avenida, o enredo “Nesta festa eu levo fé”, de autoria do carnavalesco Paulo Barros. Na noite da última quarta-feira (28), a azul e branco abriu sua quadra visando realizar a fase semifinal da disputa e classificou três parcerias para a grande final do dia 9 de outubro.

Confira os finalistas:

SAMBA 02 – Parceria de JC Couto
SAMBA 11 – Parceria de Dinny da Vila
SAMBA 13 – Parceria de Rafael Tinguinha

As obras foram selecionadas em duas eliminatórias em meio à safra com doze composições inscritas. O tema do desfile fala sobre as festas populares de cunho religioso e que mobilizam cidadãos Brasil e mundo afora. A diretoria promoveu um minuto de silêncio em respeito à memória de Wilson Vieira Alves, o “Moisés”, ex-presidente da instituição morto no último fim de semana.

Houve também uma homenagem ao bairro de Vila Isabel, que tão bem acolhe a agremiação e já serviu como morada para o poeta Noel Rosa e, agora, está completando 150 anos. O público assistiu um show com todos os segmentos, sob o ritmo da bateria Swingueira de Noel, e por fim, conferiu a apresentação das quatro obras semifinalistas com 20 minutos para cada parceria. O samba liderado pelo compositor Thales Nunes foi eliminado.

Em 2023, a Vila será a terceira escola a cruzar a Marquês de Sapucaí, na segunda-feira de folia, dia 20 de fevereiro, pelo Grupo Especial da LIESA.

SIGA-NOS INSCREVA-SE VÍDEOS EXCLUSIVOS
Artigo anteriorÁlbum com os sambas-enredo do Grupo Especial começa a ser gravado em outubro
Próximo artigoImperatriz Leopoldinense promove eliminatória e define os semifinalistas
redacao@carnavalcarioca.net.br

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.