Acadêmicos do Salgueiro

0
Foto: Rodney de Figueiredo

SAMBA / BATERIA

Presidente:
André Vaz
Enredo:
“Resistência”
Carnavalesco:
Alex de Souza
Mestres de Bateria:
Guilherme Santos e
Gustavo Oliveira
Compositores:
Demá Chagas, Pedrinho da Flor
Leonardo Gallo, Zeca do Cavaco
Joana Rocha, Gladiador e
Renato Galante
Intérpretes:
Quinho e Emerson Dias

Um dia meu irmão de cor
Chorou por uma falsa liberdade
Kaô Cabecilê, sou de Xangô
Punho erguido pela igualdade
Hoje cativeiro é favela
De herdeiros sentinelas
Da bala que marca feito chibata
Vermelho na pele dos meus heróis
Lutaram por nós contra a mordaça
Ê, mãe preta, mãe baiana
Desce o morro pra fazer história
Me formei na Academia
Bacharel em harmonia
Eis aqui o meu quilombo, escola

Ê, Galanga, ê… Rei Zumbi, Obá
Preta aqui virou Rainha Xica
Sou a voz que vem do gueto
Resistência no tambor
Pilão de preto velho eu sou

No Rio batuqueiro
Macumba o ano inteiro
Não nego meu valor, axé
Gingado de malandro
Kizomba e capoeira
Caxambu e jongo, fé na rezadeira
Tempero de Iaiá
Não tenho mais, sinhô
E nunca mais, sinhá
Sambo pra resistir
Semba meus ancestrais
Samba pelos carnavais
Torrão amado o lugar onde eu nasci
O povo me chama assim

Salgueiro… Salgueiro
O amor que bate no peito da gente
Sabiá me ensinou: Sou diferente

RÁDIO ONLINE

CANAL NO TELEGRAM

VÍDEOS NO TIKTOK

Artigo anteriorEstação Primeira de Mangueira
Próximo artigoSão Clemente
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui