Inocentes de Belford Roxo

0
Foto: Rodney de Figueiredo

SAMBA / BATERIA

Presidente:
Reginaldo Gomes
Enredo:
“A meia-noite dos tambores silenciosos”
Carnavalesco:
Lucas Milato
Mestre de Bateria:
Juninho
Compositores:
Claudio Russo, Júnior Fionda
Lequinho, Tem Tem Jr.
Fadico, Altamiro, Tem Tem Sampaio
e
Marcelinho Santos
Intérpretes:
Tem Tem Sampaio, Silas Leleu e
Luizinho Andanças

Deu meia-noite
No pátio do terço
O velho endereço
De novos tambores
À meia-noite
Vestido nas cores
Da grande nação
No baque virado
Remanso das dores
Ecoam clamores
Por libertação
A escuridão…
Acorda o silêncio
Acende a paz
É o vento de Oyá
Que evoca Egum
São meus ancestrais
Sob o axé de Olorum

Ê Luanda, Luandê
O Ilê da minha raça
Sem corrente, nem mordaça
Que prenderam o passado
Ê Luanda, Luandê
Frente a Igreja do Rosário
Não há culto proibido
Nem há Deus escravizado
Chama Dona Santa
O espelho de Badia
Pra ver maracatu
Estremecer a sacristia

Ora iê iê
Ora iê iê
Como é bonito
Minha mãe
Seu abebe

O baque estanca no terço
O chão parece um altar
Clareia, clareia
É loa de povo preto
É lua pra vadiar
Vadeia, deixa vadiar
Onde a nossa voz
É estandarte
Eu forjei a minha arte
Na justiça de Xangô
Fé reprimida
Vidas perdidas
A noite infinda
No axé Nagô

Oyá Igabalé Oyá
Sou eu a voz
Dos inocentes
Oyá Eparrei Oyá
A alma preta
Se faz presente

RÁDIO ONLINE

CANAL NO TELEGRAM

VÍDEOS NO TIKTOK

Artigo anteriorLins Imperial
Próximo artigoEstácio de Sá
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui