Imperatriz, São Clemente e Portela realizam ensaios técnicos na Sapucaí

0
Foto: LIESA

O tão esperado retorno dos Ensaios Técnicos das escolas de samba do Grupo Especial à Marquês de Sapucaí chegou. Neste fim de semana, a Passarela do Samba voltará a ser palco dos preparativos das agremiações que se apresentarão, oficialmente, nos desfiles dos dias 22 e 23 (sexta-Feira e sábado). Após dois anos afastadas da Avenida, Imperatriz Leopoldinense, São Clemente e Portela dão início a temporada de ensaios do grupo de elite das escolas de samba neste domingo (13), com arquibancadas abertas ao público. O acesso ao Sambódromo será pela Rua Benedito Hipólito, a partir das 17h.

O presidente da LIESA, Jorge Perlingeiro, recomenda ao público que chegue cedo para apresentar o comprovante de vacinação em dia, de acordo com o calendário da Secretaria Municipal de Saúde. Quem não apresentar o comprovante não poderá entrar. As escolas de samba voltaram a ensaiar nas ruas de suas comunidades e agora terão a chance de aprimorar os últimos detalhes na pista de desfile, com piso asfáltico totalmente novo, assim como o sistema de escoamento de águas pluviais, que evitará a formação de poças e alagamentos em dias de chuva forte.

Atendendo exigências do Corpo de Bombeiros, o sistema de prevenção de incêndios também foi restaurado, com a instalação de novos hidrantes, tubulação e sinalização nas áreas de escape. A nova rede de iluminação cênica estará totalmente concluída uma semana antes dos desfiles oficiais, quando haverá a cerimônia de lavagem da pista e a Unidos do Viradouro, campeã de 2020, testará os sistemas de som e iluminação da Avenida. Nos demais ensaios, as escolas terão o suporte de um carro de som.

As agremiações realizarão seus ensaios completas, usando camisas com a logomarca de seus enredos. Levarão para a Sapucaí, as alas da comunidade, baianas, bateria, crianças, comissão de frente, casais de mestre-sala e porta-bandeira, como num desfile oficial. Só não apresentarão alegorias e fantasias. A Imperatriz, que retorna ao Grupo Especial, mostrará o enredo de Rosa Magalhães, “Meninos eu vivi… Onde canta o sabiá, Onde cantam Dalva & Lamartine”; já a São Clemente, fará uma homenagem ao ator Paulo Gustavo, num enredo desenvolvido por Thiago Martins: “Minha vida é uma peça”; e a Portela encerrará a primeira noite de ensaios, com “Igi Osè Baobá”, uma visita à África através de toda uma cultura enraizada no baobá, a “árvore da vida”. O enredo leva as assinaturas de Renato e Márcia Lage.

No sábado, três escolas de samba da Série Ouro, vão abrir a temporada de ensaios da LIGA-RJ: Império Serrano, Em Cima da Hora e Lins Imperial. A vencedora deste grupo passará a integrar o Grupo Especial no ano que vem.

LIESA fará a transmissão ao vivo

Pela primeira vez, os ensaios técnicos serão transmitidos ao vivo no canal do Rio Carnaval no Youtube. Nos cinco domingos de evento, os amantes da folia de todo o mundo poderão conferir online a programação da Sapucaí, que antecede os desfiles das doze escolas do Grupo Especial. Com um apresentador direto do estúdio, a transmissão contará ainda com entrevistas e comentários durante os intervalos das escolas.

Parceria com a Águas do Rio
viabiliza hidratação do público

A LIESA e a concessionária Águas do Rio firmaram parceria e vão promover uma ação inédita na Avenida. Serão instalados bebedouros de água nas arquibancadas para o público presente se servir nos cinco domingos de ensaios técnicos na Passarela do Samba. Além disso, a empresa também vai distribuir água para os componentes das agremiações, na concentração e dispersão.

“O ensaio técnico tem uma função social de permitir ao público que veja, ainda que sem a apresentação final completa, as doze escolas de samba desfilando na Sapucaí. Com essa parceria, damos mais um conforto ao público viabilizando água para todos os presentes”, conta Gabriel David, Diretor da LIESA.

Para o presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, o Carnaval, que é a maior festa popular do Brasil, está em harmonia com um dos objetivos da empresa: Contribuir para a retomada econômica do Estado.

“Essa é uma das expressões culturais mais fortes do nosso povo e está no coração do Rio. Ela atrai turistas de todo o mundo, gera emprego, renda e alegria, tão desejada nos últimos tempos. Vamos retribuir o carinho com que fomos recebidos e matar a sede dos participantes, seja na concentração, arquibancadas ou na dispersão”.


RÁDIO ONLINE CANAL NO TELEGRAM VÍDEOS NO TIKTOK
Artigo anteriorBeija-flor adota novo sistema de verificação de vacinas na quadra
Próximo artigoUnidos da Ponte promove o primeiro ensaio de rua da temporada
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.