Wic Tavares é a nova intérprete oficial da Unidos da Tijuca

Pai e Filha agora dividirão o comando do Carro de Som do Pavão.

1
Foto: Magaiver Fernandes

Fenômeno na disputa de samba-enredo da Unidos da Tijuca, Wic Tavares, filha do intérprete da agremiação, Wantuir Oliveira cantará ao lado do pai, agora como voz oficial no próximo desfile oficial na Marquês de Sapucaí. Filha de peixe, peixinho é! Witória Tavares, mais conhecida como Wic fez sua estreia em 2013, no carro de som da Inocentes de Belford Roxo quando desfilou pelo Grupo Especial, com apenas 16 anos.

Foto: Magaiver Fernandes

Mas foi na quadra da tijucana aos 6 anos de idade que conheceu o Carnaval. Apesar de jovem, Wic tem um currículo invejável: Foi passista na São Clemente, cantou no carro de som da Portela, Beija-flor, Viradouro, Renascer de Jacarepaguá e Estácio de Sá. Paralelamente dedica-se ao funk, empresariada pelo DJ Dennis. Tendo seu pai como referência musical, a nova intérprete da tijuca é só comemoração.

“Desde muito novinha eu já desfilava na Sapucaí ao lado do meu pai. Eu e meu irmão, que também é cantor. Eu olhava pra ele e tinha muita admiração. Ele é cantor e aquilo parecia o máximo para mim. Ainda mais de samba, que eu sou apaixonada. Sempre tive vontade e curiosidade de cruzar a Sapucaí cantando. Esse ano será muito especial. Minha vida mudou após a disputa do samba deste ano e eu só tenho que agradecer à família tijucana”, sonha acordada a jovem, que precisará segurar a emoção na hora do grito de guerra.

A preparação de Wic como cantora é intensa. Ela já estudou jazz, ballet afro e street dance. Aos 17 anos, chegou a fazer uma participação no evento de encerramento da Copa das Confederações em 2013, dançando ao lado de Shakira. Hoje, aos 24 anos, ao lado do carro de som tijucano, formado ainda por Thiago Chaffin, Vitor Cunha e Digão, possui uma coach vocal para uma melhor preparação da voz nos ensaios e Avenida.

“Para cantar o samba da escola, durante o desfile na Sapucaí, os intérpretes precisam de muito fôlego. E isso requer preparação. Na Unidos da Tijuca os intérpretes oficiais e seus auxiliares recebem cuidados de condicionamento específico na voz para dar conta da carga vocal na maratona de ensaios e desfile e temos a honra de contar com a fonoaudióloga Drª Renata Vieira”.

A escola da comunidade do Borel desfilará na segunda-feira de folia, sendo a quarta a pisar na Avenida, com o enredo “Waranã, a reexistência vermelha”, que abordará a lenda do guaraná, tema assinado e desenvolvido pelo carnavalesco Jack Vasconcelos.

Artigo anteriorPatrick Carvalho faz audição para a Comissão de Frente do Salgueiro
Próximo artigoMestre Átila é o novo comandante da bateria Verdadeira Furiosa
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

1 comentário

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.