Unidos da Tijuca realiza ensaio de quadra com roda de samba

0
Foto: Magaiver Fernandes

Restando quatro meses para a Unidos da Tijuca pisar na Sapucaí, a agremiação convoca seus componentes a fim de intensificar seus ensaios de comunidade buscando a manutenção do desempenho alcançado nos últimos desfiles nos quesitos Harmonia e Evolução. Focada em adquirir melhores resultados e recuperar as notas 10, os trabalhos não cessam. Para alcançar o objetivo, os ensaios de comunidade são fundamentais. A escola visa trabalhar com intensidade os quesitos de chão. Responsável pelo segmento, Fernando Costa ressalta que o momento é de aprimorar a questão de técnica de desfile, canto e dança, exaltando a importância do trabalho com a comunidade.

“A escola tem uma grande vantagem que é uma comunidade aguerrida e ciente da necessidade dos ensaios para que alcancemos o maior objetivo que é o canto e dança em harmonia. Elaboramos um planejamento que foi iniciado neste mês de outubro preparando os componentes para soltar a voz com imponência. Os ensaios de comunidade serão às quintas-feiras na quadra e iniciaremos em breve os treinos na rua”.

A manutenção do canto e da dança em conformidade com o ritmo da bateria é o que cria o conceito do quesito Harmonia no Manual do Julgador. Logo, os quesitos Bateria, Harmonia e Evolução não caminham separadamente embora suas notas sejam independentes. Wantuir Oliveira, intérprete oficial da agremiação, que estará ao lado da filha, Wic Tavares, informa que a dupla está em total sintonia com a Bateria Pura Cadência.

“Temos um enredo bastante musical, que vem permitindo uma série de criações. O carro de som do Pavão e o mestre de bateria se comunicam pelo olhar e o segredo é ensaio. Cantamos o samba aproximadamente 60 minutos dando espaço para ouvir a voz dos componentes. Os treinos servem para que a nossa preparação e do carro de som estejam no ponto no dia do desfile”.

A concentração está marcada para às 19h. Enquanto os componentes se organizam em alas, no palco tijucano, uma roda de samba embalará os componentes, aquecendo o público. Vale ressaltar que a escola começou a trabalhar com afinco o canto, nos ensaios de quadra, na última semana e seguirá até a semana do desfile.

Em 2022, a escola tijucana será a quarta a desfilar, na segunda-feira de folia, com o enredo “Waranã – A Reexistência Vermelha”, que abordará a lenda do guaraná. O tema é de criação e desenvolvimento do carnavalesco Jack Vasconcelos. O ingresso custa R$ 20,00, camarotes saem a R$ 100,00. Componentes não pagam, apresentando a carteirinha ou comprovante de inscrição. A quadra fica na Av. Francisco Bicalho 47 – Sto. Cristo.

Acesse o nosso canal no TELEGRAM

Artigo anteriorUnidos de Vila Isabel promove mais um ensaio com sua comunidade
Próximo artigoLIGA-RJ prepara lançamento dos sambas com desfiles na Cidade do Samba
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.