Inocentes de Belford Roxo divulga mais um protótipo de suas fantasias

0
Foto: Divulgação

A Inocentes de Belford Roxo segue apresentando os episódios de sua websérie “Nossa Fantasia”, que registra o processo de idealização e confecção dos protótipos visando o próximo desfile oficial. Na estreia da série, o jovem carnavalesco Lucas Milato compartilhou os desafios de produzir um Carnaval atravessado pela pandemia.

O novo episódio desvenda as curiosidades do terceiro setor do desfile, que disserta sobre elementos e características do Maracatu Nação, além de apresentar alguns de seus personagens. A fantasia divulgada chama-se “O Axé da Calunga”. As Calungas são bonecas que representam antigos ancestrais ou orixás e são conduzidas pela Dama do Paço. Ambas representam o axé do grupo. O figurino objetiva-se em transmitir a imponência representativa emanada pela boneca.

“A série está agradando a todos, pois estamos recebendo muitos elogios do público em geral, devido ao excelente conteúdo apresentado de uma forma clara, moderna e criativa. Vamos continuar com novos capítulos”, disse Lucas Milato.

O enredo “A Meia-Noite dos Tambores Silenciosos” irá tratar de uma riquíssima manifestação cultural e religiosa que faz parte do calendário oficial do carnaval recifense. Frutos de um intenso processo de pesquisa, as primeiras ideias começaram a sair do papel pouco depois do fim do último Carnaval.

Durante as explicações, o espectador poderá ver um pouco do que está sendo preparado para a apresentação no sábado de folia, quando a Caçulinha da Baixada irá desfilar pela Série Ouro da LIGA-RJ.

Foto: Divulgação

Artigo anteriorPedro Miguel é o novo Diretor Musical da Imperatriz Leopoldinense
Próximo artigoCentral LIESA anuncia os nomes contemplados com a pré-reserva de frisas
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.