LIESA inaugura sala de reuniões plenárias em homenagem a Eduardo Paes

0
Foto: Henrique Mattos

Representado na cerimônia pela presidente da Riotur, Daniela Maia, que descerrou a placa que batizava o novo auditório com o nome do Prefeito, Paes se emocionou ao receber uma foto, via Whatsapp. Telefonou logo em seguida. Com o som do celular amplificado pelo sistema de som do novo plenário, ele agradeceu aos presidentes da LIESA e das escolas de samba do Grupo Especial a singela homenagem.

Pediu desculpas por não ter podido comparecer ao evento, explicando que os motivos e as necessidades do momento foram superiores à sua vontade. Externou a sua gratidão aos sambistas. “As homenagens do Samba me tocam muito”, frisou e confirmou o compromisso de anunciar, até o final deste mês, em novo encontro, a verba que será destinada às agremiações, assim como o cronograma de repasses. Reiterou a confiança de que o Rio terá, no ano que vem, um dos melhores carnavais de todos os tempos.

O diretor de Operações da Riotur, Rafael Bandeira, também representou o Prefeito.

Foto: Henrique Mattos

O reconhecimento do Samba

O presidente Jorge Perlingeiro usou o microfone para, em nome da diretoria da LIESA e dos presidentes das escolas de samba, agradecer tudo o que o Prefeito tem feito a favor do Carnaval. Destacou a assinatura do contrato pelos próximos quatro anos, situação inédita na história dos desfiles; a instalação do novo sistema de iluminação no Sambódromo; a ajuda para a desinterdição da Cidade do Samba e a futura construção de uma unidade do Corpo de Bombeiros no complexo de produção de alegorias; e de medidas que possibilitarão a revitalização do espaço, transformando-o em mais uma atração turística para a Cidade do Rio de Janeiro.

Dirigindo-se aos presidentes, Perlingeiro anunciou que a venda de camarotes do Sambódromo, cuja pré-reserva aconteceu na semana passada, foi um sucesso total: “Já existe uma fila de interessados aguardando as possíveis desistências”.

Destacou também que os entendimentos com a TV Globo para a realização dos programas que apresentarão as finalíssimas dos concursos de sambas-enredos das doze escolas do Grupo Especial estão bem adiantados. “Existe a chance de que as gravações sejam feitas aqui, na Cidade do Samba” – explicou contando que os camarins e o palco estão passando por diversas melhorias, com possibilidade de troca da lona de cobertura, desgastada pelo tempo.

O Plenário Eduardo Paes, situado no térreo do prédio administrativo da Cidade do Samba, será usado para reuniões rotineiras da LIESA, evitando que os presidentes se desloquem até a sede da entidade, situado na Av. Rio Branco. Foi todo ele equipado com o mobiliário que estava guardado há mais de 20 anos na antiga sede da Liga, na Rua da Assembleia 10, no Centro, ainda em perfeito estado.

Artigo anteriorConfira o calendário da disputa de sambas-enredo na São Clemente
Próximo artigoPortela classifica sete sambas para a próxima fase eliminatória
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.