Escolas de Samba receberam repasses e produção do Carnaval é retomada

1
Foto: Henrique Matos

Esta quinta-feira (26), tornou-se um dia muito especial para a LIESA e as Escolas de Samba do Grupo Especial. Depois de uma longa e difícil espera, que completa um ano e meio de escassez imposta pela pandemia e todas as consequências, as doze agremiações voltaram a receber, normalmente, os repasses relativos à sua participação no Carnaval 2022.

Os desfiles oficiais acontecem nos dias 27 e 28 de fevereiro e 5 de março, quando acontecerá o tradicional espetáculo do Sábado das Campeãs – a venda de ingressos começou há duas semanas, inclusive com a pré-reserva de camarotes. A primeira parcela dos direitos de transmissão dos desfiles, pagos pela TV Globo, servirá para que as escolas voltem a comprar material e dar início a confecção de alegorias e fantasias, pagar profissionais de barracão e de manutenção de suas quadras, saldar contas em atraso e tomar outras providências que foram adiadas ao longo desse período. Com a confirmação do primeiro depósito, o clima de alegria e otimismo voltou a reinar nos barracões da Cidade do Samba.

“Nossas escolas voltaram a trabalhar em ritmo intenso, acelerando o cronograma para recuperar o tempo perdido. Parece que o Carnaval do ano que vem finalmente começou”, comentou o presidente da LIESA, durante a visita aos barracões para dar a boa notícia.

Perlingeiro lembrou que os recursos pela participação das agremiações na distribuição dos cartões do SuperaRJ também já foram desembolsados pelo Governo do Estado. E reiterou o compromisso do prefeito Eduardo Paes que anunciou, semana passada, que informará até o próximo dia 30 o valor que a prefeitura destinará às doze participantes do Grupo Especial, fixando também o calendário de repasses.

Sambas finalistas devem ser
escolhidos até o dia 30 de agosto

A LIESA e representantes das agremiações finalizam os entendimentos com produtores da TV Globo para a formatação da série de programas que apresentarão as finalíssimas dos concursos de sambas-enredo. Em cada programa serão mostradas três finalíssimas; no quinto e último programa da série, o público ficará conhecendo os hinos oficiais que irão ser cantados na Marquês de Sapucaí.

“Num período de restrições impostas pela pandemia, evitando aglomerações de público e componentes, este foi o melhor caminho encontrado pelas escolas. Trata-se de uma experiência inovadora e esperamos que seja um sucesso”, concluiu Perlingeiro, que tem dividido as suas atividades entre a sede da entidade, no Centro e a Cidade do Samba, acompanhando de perto o trabalho das agremiações.

Cinco escolas já definiram os seus três finalistas: Paraíso de Tuiuti, Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos de Vila Isabel, Imperatriz Leopoldinense e Acadêmicos do Grande Rio. As outras sete (Viradouro, Beija-flor, Salgueiro, Portela, Mangueira, Unidos da Tijuca e São Clemente), estão na fase final do processo seletivo, que terminará no dia 30, quando todas deverão informar os três finalistas à emissora.

Artigo anteriorUnidos do Viradouro entra na reta final para escolher o samba-enredo
Próximo artigoPortela realizará eliminatória com apresentação de sete parcerias
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

1 comentário

  1. E….lindo estamos voltando a retomada pela vida, por nossas raízes culturais.
    O carnaval e o melhor e maior espetáculo da terra. Que foi parado por um virus, que agora será retomada pelo povo que vive e faz, esse espetáculo ser visto pelo mundo.
    Viva o Brasil.. ..viva aqueles que fazem o carnaval acontece.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.