Barracão da Beija-flor de Nilópolis é batizado com o nome de Mestre Laíla

Placa registra reconhecimento da escola pelo trabalho do Diretor de Carnaval e Carnavalesco.

0
Foto: Eduardo Hollanda

Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, o Laíla, será homenageado pela Beija-flor de Nilópolis, onde trabalhou durante 30 anos, através do “batismo” do barracão da Escola na Cidade do Samba, Zona Portuária do Rio. O nome de Laíla, que morreu aos 78 anos, vítima da COVID-19, será utilizado para nomear o espaço em que a azul e branco produz suas alegorias e fantasias.

O tributo está sendo organizado pelo presidente da escola, Almir Reis, com o apoio de Anísio Abraão David, presidente de honra. A expectativa é de que uma placa seja fixada nos próximos dias na Fábrica de Sonhos — O complexo de barracões aguarda autorização do poder público para reabrir.

“A Beija-flor de Nilópolis batiza, a partir de 5 de julho de 2021, seu barracão na Cidade do Samba com o nome de Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, o Laíla, seu eterno Mestre e Diretor de Carnaval”, registra a homenagem.

Com a iniciativa, Laíla passará a integrar o espaço da Cidade do Samba junto a outro grande homenageado: O carnavalesco Joãosinho Trinta, com quem trabalhou em desfiles históricos da Deusa da Passarela. O nome de Joãosinho foi agregado ao espaço em 2011, ano da morte do artista, por decreto do prefeito Eduardo Paes.

“Inscrever o nome do Laíla na entrada do barracão da Beija-flor é uma homenagem simples diante do tamanho do legado dele para a escola, mas muito simbólica. Foi nesse espaço que ele criou uma série de inovações que a Beija-flor levou para a Sapucaí e era dentro daquelas paredes que ele exercia toda a sua genialidade, compartilhada também com os componentes na quadra”, explica Almir Reis.

A última passagem de Laíla pelo barracão da Beija-flor foi em 2018, ano da conquista do seu campeonato mais recente, através do enredo “Monstro é aquele que não sabe amar — Os filhos abandonados da pátria que os pariu”. Desde então, o dirigente realizou trabalhos junto a Unidos da Tijuca, União da Ilha do Governador e Águia de Ouro (SP).

Artigo anteriorBeija-flor reinicia a disputa de samba-enredo e faz homenagem a Laíla
Próximo artigoImpério da Tijuca apresenta mais duas musas internacionais
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.