Norte-americanas fazem suas estreias como musas na Lins Imperial

Adriana Blanco e Jenny Geska vão estar à frente da terceira alegoria da agremiação.

0
Foto: Divulgação

Vai ter gringa sambando no pé com a Lins Imperial na Marquês de Sapucaí. A verde e rosa que se prepara para cruzar novamente o Sambódromo após 9 anos, terá a presença de duas norte-americanas abrilhantando o desfile: Adriana Blanco e Jenny Geska, da Carolna do Norte, estrearão como musas no próximo Carnaval.

Adriana se apaixonou pela cultura brasileira ao participar de um intercâmbio internacional na Universidade Federal da Bahia. Foi iniciada no mundo do samba por meio da prática da capoeira regional. Ela é monitora do Grupo Cordão de Ouro liderado por Mestre Esquilo e é grata por todo o apoio que recebeu para continuar seus estudos, incluindo samba no pé. A musa tem viajado ao Brasil visando estar se aproxinar das amizades que estabeleceu. Os estudos de samba com Alex Coutinho, Ale Jansen, Nubia Quele Santos, Mestra Nildinha Fonseca e Mestra Vera Passos foram os mais influentes. Ao lado do marido, Adriana se esforça para tornar as oportunidades de educação e treinamento acessíveis nos Estados Unidos.

Jenny começou sua jornada pela dança aos 3 anos. A beldade dançou durante todos os anos de escola e até mesmo na faculdade, onde estudou várias formas de dança moderna e artes do movimento, treinando em programas avançados no Boston Ballet e trabalhando por vários anos como dançarina profissional. Em 2015, uma amiga a convenceu a explorar mais ritmos internacionais incluindo o samba, e foi amor à primeira vista. A bateria, a música, o poder e a força e energia a inspiraram. Foi aqui que ela iniciou sua trajetória como convidada da cultura do samba.Em 2020, Jenny viajou ao Brasil com o programa Samba Internacional, que proporcionou a oportunidade de desfilar com os passistas da Unidos de Bangu.

Agremiações completam um ano
distribuindo quentinhas semanalmente.

Desde o início da pandemia, Lins Imperial e a Infantes do Lins juntas vêm adotando ações que visam diminuir o drama social causado pelo vírus. Em março do ano passado, escolas mãe e filha lançaram a campanha “Seja Solidária”, que contribuiu para a alimentação de mais de 500 famílias através da distribuição de cestas básicas. A solidariedade foi além e em seguida surgiu mais um projeto: O “Jantinha Solidária”, que distribui às terças-feiras um jantar para moradores de rua da região do Méier, atendendo 140 pessoas semanalmente, e que já ultrapassou a marca de 6.000 pratos doados.

Foto: Rodrigo Barionovo

Em meio às dificuldades impostas pela pandemia com medidas que exigem o isolamento social e por consequência a redução drástica de oportunidades de trabalho informal às famílias sem renda, a solidariedade tem auxiliado a alimentação nesse momento tão difícil que o Rio de Janeiro e o mundo enfrentam.

Para continuar com o projeto, as escolas recebe diariamente, entre 9h e 20h, alimentos não perecíveis, frutas, legumes, carnes, hortaliças, descartáveis, materiais de higiene e limpeza. Para quem preferir fazer a doação em dinheiro é só anotar os dados bancários: Banco Bradesco, Agência 3249, Conta Corrente 15943-3 – Sociedade Recreativa Escola de Samba Lins Imperial – CNPJ 31.108.517.001/22.

As doações poderão ser retiradas no local, basta entrar em contato pelo WhatsApp (21) 96476-4779. A quadra de ensaios, que é o ponto de arrecadação de donativos, fica localizada na Rua Lins de Vasconcelos 623. Vale lembrar que o enredo da Lins Imperial chama-se “Mussum pra sempris – Traga o mé que hoje com a Lins vai ter muito samba no pé!“. A verde e rosa será a primeira a desfilar, no sábado de folia, pela Série Ouro.

Artigo anteriorRosa Magalhães ganha título de Doutora Honoris Causa da UERJ
Próximo artigoSão Clemente muda enredo e vai homenagear o humorista Paulo Gustavo
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.