Nova musa da Lins Imperial é filha de fundador e prata da casa

0
Foto: Arquivo Pessoal

A Lins Imperial segue valorizando a prata da casa e dessa vez apresenta mais uma beldade para o seu time de musas. A filha do fundador Mestre Simeão, nascida e criada no Complexo do Lins, Dandara Silva, desfilará pela primeira vez no cargo na Sapucaí.

Ela nasceu no morro da Cotia e há doze anos mora na Itália. Na desfila desde criança na agremiação somando ao todo 38 anos de dedicação. Foi coordenadora da ala de passistas em 1989, 1992 e 2011. Também foi a primeira coordenadora de passistas da escola Mirim Infantes do Lins. Mostrou a sua arte de samba no pé no Acadêmicos do Salgueiro, Unidos da Tijuca, Paraíso do Tuiuti, Caprichosos de Pilares, Unidos do Cabuçu, Renascer de Jacarepaguá e União do Parque Curicica e fez shows em Paris, Tunísia, Marrocos, Itália e Cordoba, na Argentina.

“Sou Lins desde que nasci e prometi a minha comunidade que retornaríamos juntas ao palco principal. Vai ser o desfile da minha vida. Passamos eu e minha família bons momentos na Intendente Magalhães, mas para mim é como retornar à casa, e esse desfile eu ofereço ao meu pai e ao meu eterno João Banana”.

Dandara é cabeleireira desde os 15 anos e cuidadora de idosos. A musa cuida da saúde e se prepara com alimentação natural e foco na musculação. Ela promete estar pronta para o desfile oficial. Vale lembrar que o enredo “Mussum pra sempris – Traga o mé que hoje com a Lins vai ter muito samba no pé!”, está sendo desenvolvido pela dupla de carnavalescos Eduardo Minucci e Ray Menezes.

Artigo anteriorUnidos de Bangu grava samba na voz do intérprete Luís Oliveira
Próximo artigoLIERJ reune presidentes e realiza sorteio da ordem dos desfiles
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.