Beija-flor produz e doa 700 máscaras de proteção para hospitais do Rio

Coreógrafo Marcelo Misailidis, responsável pela Comissão de Frente, lidera criação e confecção dos equipamentos médicos.

0
Foto: Divulgação

Beija-flor de Nilópolis, através do coreógrafo da comissão de frente Marcelo Misailidis está produzindo Equipamentos de Proteção Individual (EPI), para os profissionais da saúde do Rio de Janeiro e da Baixada Fluminense. Durante um mês de trabalho, com apoio financeiro da agremiação, ele e sua equipe já produziram 700 unidades de protetores faciais transparentes, todos destinados ao Hospital Pedro Ernesto e a unidades hospitalares localizadas em Nilópolis.

O objetivo é fortalecer a luta de médicos, enfermeiros e outros trabalhadores contra o novo coronavírus, que já infectou mais de 108 mil pessoas no Brasil. Misalidis tem trabalhado de casa, completamente protegido para evitar a contaminação dos materiais em produção, está feliz com os resultados da iniciativa, que conta com o apoio de voluntários do Instituto Bees of Love.

“Quando estamos na Sapucaí, tenho consciência de que o resultado do trabalho que apresentado não é só meu, mas de toda a nossa comunidade. Ela se doa de corpo e alma para aquele espetáculo incrível e emocionante. Ajudar no combate ao vírus é representar a luta dessa gente. Se não fossem as restrições necessárias para bloquear o contágio, a família Beija-flor certamente estaria presencialmente unida contra a pandemia. Com meu trabalho, sou um operário a serviço dessa energia transformadora de toda a escola”.

Além da produção de EPIs, a diretoria também abriu seu barracão na Cidade do Samba, Zona Portuária do Rio, e a quadra no centro de Nilópolis para receber doações de mantimentos destinados a pessoas economicamente afetadas pela pandemia. A escola também está promovendo transmissões ao vivo por meio das redes sociais para manter seus componentes e torcedores unidos e com a saúde mental em dia.

Neste sábado (9), a partir de 18h, o canal da escola no Youtube transmitirá, uma live com Neguinho da Beija-flor e outros intérpretes do Grupo Especial. O objetivo principal é fortalecer a campanha por doações.

Artigo anteriorSambistas da Depressão apresenta: Live do Zé – Vai Ciçaaaaaa!
Próximo artigoUnidos de Padre Miguel entrega meia tonelada de alimentos à comunidade
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.