Inocentes de Belford Roxo

0
Foto: Rodney de Figueiredo

SAMBA / BATERIA

Presidente: Reginaldo Gomes
Enredo: “Marta do Brasil –
Chorar no começo para sorrir no fim”

Carnavalesco: Jorge Caribé
Mestre de Bateria: Washington Paz
Compositores:
André Diniz, Cláudio Russo e Miro
Intérpretes:
Pixulé e Tem Tem Sampaio

Rainha sim
No talento
Na luta e na vocação
Há tantas mulheres
Por aí assim
Crias da favela
Filhas do Sertão

E lá vem a menina
Driblando a seca
Em meio a poeira
Ganhando o mundo
Vencendo a sina
Lembrando de tudo
Pra ser verdadeira

Em Dois Riachos
Ficou a saudade
A beira do rio
Se aventurou
Fintou a tristeza
Com habilidade
Com ar de nobreza
De cara pro gol

Da neve
O lume da estrela
A dignidade
De uma heroina
O maior exemplo
De Dona Teresa
Traduz sentimento
Em cada retina
Empoderamento
Coisa de alma feminina
Eu sei…
Que o preconceito
Vem de todo lado
Aquelas que usam
Batom no gramado
Carregam a pátria
Além da chuteira
Também sei
Que a sua luta
É a nossa bandeira
Em casa segundo
Mostrando pro mundo
A força que tem
A mulher brasileira

É a Marta, é a deusa
A defesa aos seus pés
É bola de ouro
É gente da gente
O brilho inocente
Da camisa

Artigo anteriorAcadêmicos do Sossego
Próximo artigoUnidos de Bangu
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui