Acadêmicos de Santa Cruz

0
Foto: Rodney de Figueiredo

SAMBA / BATERIA

Presidente:
Moises Antonio Coutinho Filho “Zezo”
Enredo: “Santa Cruz de Barbalha –
Um conto popular no Cariri Cearense”

Carnavalesco: Cahê Rodrigues
Mestre de Bateria: Riquinho
Compositores:
Samir Trindade, Junior Fionda
Elson Ramires e Rildo Seixas

Intérprete: Roninho

Saudade tenho
Do meu Cariri
Minha terra onde nasci
E deixei meu coração
O verde admirava
Da varanda
Era doce minha lida
O suor do meu sertão
Êh muié guerreira
Batiza o meu lugar
A bênção
A Padim Padi Ciço
Vi capitão Virgulino
Que se chamou Lampião
“Maria Bunita”
Da saia rendada
Me ensina
Menina prendada
A cantar como
O Rei do Baião

Ô moça solteira
Ô pau da bandeira iaiá
Ô moça solteira
Pede ao Santo Padroeiro
Um sinhô pra ser seu par

Onde versa o trovador
Nasce a fé e alegria
No Araripe o soldadinho
Anuncia um novo dia
Nos altares eu pedi, ao Pai
E na fonte agradeci, em paz

Lava a minha alma
E cura a minha dor
No peito
A Santa Cruz do amor

Vou voltar
Santo Antônio de Barbalha
Ilumine essa batalha
Minha gente pede ao céu
Vou voltar
Santo Antônio de Barbalha
Ceará tem paraíso
Em forma de cordel
Onde plantei o meu valor
Colhi meus ideais
Vai ressoar o meu tambor
A voz que ecoa
Dos canaviais

Artigo anteriorUnidos de Bangu
Próximo artigoImperatriz Leopoldinense
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui