Samba – Carnaval 2016

0

Compositores:
Marcelo Guimarães
Sidney de Pilares
Manolo, Jorginho Moreira
Kirraizinho e Diogo Rosa

Intérprete:
Neguinho da Beija-flor

Abriu-se
A cortina do Tempo
Emoldurando a história
A Beija-flor ôôô
De Nova Lima
A poesia se fez
Na genialidade do Marquês
Nasceu em
Congonhas de Sabará
O mais puro ouro
Das Minas Gerais
Atravessou o mar
No afã de conquistar
Conhecimento
Em terras lusitanas
Brilhou aos olhos da lei
Formou-se bacharel
Fiel à nação
Enfim regressou
A saudade apertou

Ecoou um brado
De resistência
Ao longe se ouviu
A voz da Independência
Pelo Brasil
Impera felicidade
Já raiou a liberdade

Um homem de real valor
Um vencedor
Na estrada da vida
Em seu legado a primazia
Na gratidão que herdaria
Poeta, músico, escritor
O mineirinho
Que o Rio imortalizou
Teu chão floresce a nobreza
Pro Samba passar
Um templo sagrado
A luz do luar
Apoteose de todo sambista
Artista!
Herdeiro verdadeiro de Ciata
Que hoje te abraça
Aos pés da praça
Em mais um Carnaval

Sou Beija-flor
Na alegria ou na dor
A Deusa da Passarela, é ela!
Na história do Marquês
Que na Sapucaí é soberana
De fato nilopolitana

Artigo anteriorSamba – Carnaval 2015
Próximo artigoSamba – Carnaval 2017
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.