Império da Tijuca

0
Foto: Rodney de Figueiredo

SAMBA / BATERIA

Presidente:
Antonio Marcos Telles

Enredo:“Império do Café,
o Vale da Esperança”

Carnavalesco: Jorge Caribé
Mestres de Bateria:
Jordan, Júlio e Paulinho

Compositores:
Braguinha Cromadinho

Tem-Tem Jr., Pixulé, Jota
James Bernardes, Tinga e
Diego Nicolau

Intérprete: Daniel Silva

Ventos de dor
Os trouxeram pra cá
Fé que guiou
O destino de tantos
Africanos destinados
A saudade
Sol e chuva
A tristeza como par
Nego tá cansado
Nego tem que trabaiá
O ouro negro
Enraíza a escrava lida
E faz o áureo poder
Deixar o breu
A boa música
Valsava em poesia
Enquanto o ébano
Sangue escorreu

Tem batuque
Jongo, capoeira

Na mandinga
Da vovó benzedeira

No terreiro firma o ponto
Gira dos meus orixás
Força da fé
Que dobra o capataz

Ah, passou o tempo
O vale se transformou
A imigrante
Mágica misturou
Fez renascer
A esperança dessa gente
Mãos calejadas fazendo arte
E um aroma de enlouquecer
Unem-se à folclórica verdade
Tanta gente veio conhecer
A luz que protege a alma
À cruz…
Peço pra me guiar
Se hoje é agronegócio
Que traz o progresso
O povo agradece
E vem cantar

Desce o
Morro da Formiga

Meu Império da Tijuca
Vai à luta
Traz o Vale do Café
Negritude de valor
Num lindo
Rosário de amor

Artigo anteriorUnidos do Porto da Pedra
Próximo artigoAcadêmicos do Cubango
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui