Unidos do Porto da Pedra

0
Foto: Rodney de Figueiredo

SAMBA / BATERIA

Presidente: Fábio Montibelo
Enredo: “Antônio Pitanga –
Um negro em movimento”
Carnavalesco: Jaime Cezário
Mestre de Bateria: Pablo
Compositores: Bira
Claudinho Guimarães, 
Duda SG
Márcio Rangel, Alexandre Villela

Guilherme Andrade, Adelyr
Bruno Soares, 
Rafael Raçudo
Paulo Borges, 
Eric Costa e
Oscar Bessa

Intérprete: Luizinho Andanças

Meu povo
Chegou de Daomé
Escravizado pela
Mão do invasor
Trazendo na alma axé
A fé foi alento na dor
Nasci em São Salvador
Da “Bahia de todos os Santos”
Ogum é meu guia
Subo a ladeira do “Pelô”
A batucada começou
Tem capoeira (ê, camará!)
Histórias de um griô
Memórias vindas
De lá do Gantois

Ôôôô do “barravento”
Vem a força
Da transformação

Ôôô do meu “quilombo”
Ecoa um grito de libertação

No “cinema novo”
Fiz brotar

Resistência popular
Eu sou Pitanga!
Na tela a pele
Negra reluz

Um gingado que seduz
Eu sou Pitanga!

Com raça
Venci preconceitos
Mostrei meu talento
E “opinião”
Na “oficina” da arte
Segui lutando
Contra a opressão
Deixei o sol entrar
Vivi lindas “manhães”
Meus frutos vi crescer
Rio de janeiro…
De braços abertos
Me acolheu
Pra você eu tiro
O chapéu, Mangueira
Estação Primeira
Do meu coração
No céu, a estrela
Não vai se apagar
Brilha na terra
Ilumina o mar
É sentimento
Que não tem fim
Bendito amor
Que mora em mim

Sou Porto da Pedra
Chegou o momento
No berço do samba
Nosso apogeu
Guerreiro e bamba
Negro em movimento
“Esse mundo é meu”

Artigo anteriorEstácio de Sá
Próximo artigoImpério da Tijuca
Locutor nas escolas de samba do RJ, analista de sistemas, jornalista (RG 0039675-RJ), compositor e intérprete. Administrador do site CARNAVAL CARIOCA.

Deixe uma resposta:

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui