Porto da Pedra presta grande homenagem as rainhas do rádio

Foto: Antonio Pivanti

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Porto da Pedra apresentou o enredo “Rainhas do Rádio – Nas ondas da emoção, o Tigre coroa as Divas da canção!”, de autoria e desenvolvimento do carnavalesco Jaime Cezário.

Quarta agremiação a pisar na Marquês de Sapucaí, a vermelho e branco de São Gonçalo trouxe para a Avenida a época de ouro do rádio. O primeiro setor mostrou o glamour do Rio de Janeiro, enquanto capital do país. Já no abre-alas o tigre, símbolo da escola, fazia referência aos teatros e cassinos da década de 40 e 50.

Mestre Pablo comandante da bateria Ritmo Feroz, surpreendeu mais uma vez com seu figurino. Ele veio caracterizado como o cantor Cauby Peixoto e os ritmistas representavam os reis do rádio. A última alegoria intitulada “O baile do rádio” trazia entre outros personagens, pierrôs e colombinas.

Destaque para as alas que faziam referência a importantes personalidades musicais e caprichadas alegorias produzindo um dos melhores desfiles da primeira noite da Série “A”.

Foto: Antonio Pivanti

Comentários

Comentários