Diante de crise, escolas mirins vão fechar os desfiles no Sambódromo

Público terá entrada gratuita na terça-feira na Passarela do Samba.

As agremiações que compõem o grupo mirim encerrando os desfiles no Carnaval Carioca estão prometendo fechar em grande estilo na próxima terça-feira (13), as atividades no maior palco a céu aberto do mundo. Mesmo atravessando uma crise sem precedentes, desde o final do ano passado, quando o prefeito Marcelo Crivella anunciou o corte da metade da subvenção destinada às escolas para desenvolverem o carnaval, medida esta que pegou os dirigentes de surpresa, os limitando nos orçamentos e reduzindo em aproximadamente 20 mil componentes.

Outro fator que prejudicou foi o atraso no repasse da verba, sendo as escolas de samba mirins as últimas a receberem a quantia a elas destinada, em 15 de janeiro deste ano. Mesmo assim, a garra e empenho dos diretores e representantes da Associação das Escolas de Samba Mirins e representantes das 16 agremiações, além da euforia dos futuros foliões, tornará o sonho de encerrarem os desfiles no Sambódromo uma realidade.

Com enredos que variam desde homenagens a personalidades do nosso carnaval como o emblemático casal de mestre-sala e porta-bandeira Chiquinho e Maria Helena, pela Miúda da Cabuçu, o baluarte e mais famoso compositor da escola de samba Lins Imperial João Banana, pela Infantes do Lins, o radialista Rubens Confete, pela Golfinhos do Rio de Janeiro, a cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba, pela Mangueira do Amanhã e o antológico “Peguei um Ita no Norte”, que se tornou um clássico entre os sambas de enredo, rendendo ao Salgueiro o título no ano de 1993.

São propostas de enredos sensacionais. Além do reconhecimento às pessoas homenageadas, além de lugares e regiões importantes em nosso país, temos a oportunidade de ensinar às crianças e adolescentes que desfilam ou assistem, sobre as pessoas que um dia fizeram com que as escolas de samba se tornassem essa expressão de cultura”, disse Ricardo Dias, diretor de comunicação da AESM-RIO e ex-presidente da Estrelinha da Mocidade.

A festa terá início às 17:30h com a abertura da corte oficial do Carnaval Carioca e cortejo mirim, composto pelo Rei Momo, Rainha, princesas e Cidadão Samba do carnaval mirim, definidos através de concurso, além do casal de mestre-sala e porta-bandeira da entidade. Em seguida a Infantes do Lins abre a tarde noite de samba no pé da garotada e a Mangueira do Amanhã será a responsável pelo encerramento.

Confira a ordem de desfile e os enredos das agremiações:

01) Infantes do Lins – “Um griot em verde e rosa conta a sua história: João Banana”
02) Tijuquinha do Borel – “Tijuquinha é swing do Brasil”
03) Inocentes da Caprichosos – “Tem zoeira, tem zoeira, neste carnaval a Inocentes vai à feira”
04) Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy – “Amizade, identidade e divindade no centenário de Nossa Senhora de Fátima”
05) Miúda da Cabuçu – “Maria Helena e Chiquinho, casal nota 1000”
06) Nova Geração do Estácio de Sá – “Zeca da Cuíca, sublimes lembranças de um mestre em acordes no compasso da emção, a Nova Geração é seu palco na passarela de ilusões”
07) Pimpolhos da Grande Rio – “Samba Cid com alegria: Pimpolhos canta cidadania”
08) Filhos da Águia – “Dez nota dez”
09) Império do Futuro – “Tem criança no samba”
10) Aprendizes do Salgueiro – “Peguei um Ita no Norte”
11) Estrelinha da Mocidade – “Os três desejos de Alladin”
12) Corações Unidos do Ciep – “O Rio revisita suas memórias nos 100 anos de Cordão”
13) Herdeiros da Vila – “Música o alimento da alma”
14) Petizes da Penha – “Petizes sabor guaraná”
15) Mangueira do Amanhã – “Campina Grande, o maior São João do Mundo”

Vale lembrar que o público terá entrada gratuita. Os setores de arquibancadas serão abertos pelos promotores o evento às 17h. Apesar de não existir concorrência nos desfiles mirins, as escolas serão avaliadas por integrantes da diretoria da AESM-RIO que definirão os agraciados com o Troféu Olhômetro. A novidade deste ano será a premiação Troféu Tamborim de Ouro, promovido pelo Jornal O Dia e que através do voto popular, escolherá a escola mirim vencedora no quesito.

Comentários

Comentários