Mocidade: Comunidade vai escolher o samba através de votação eletrônica

Ouvir todos os setores e segmentos da escola na escolha do samba-enredo está sendo o mantra do Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel. Durante esta semana todos os segmentos, componentes das alas de comunidade e delegações poderão votar e opinar em seu samba preferido sem sair de casa. O processo, inédito, valoriza a opinião de todos os envolvidos no desfile do Carnaval 2018.

Ouça os sambas finalistas:

* Parceria de Jefinho Rodrigues
* Parceria de Altay Veloso
* Parceria de Diego Nicolau

O sistema de votação é eletrônico e o acesso está sendo feito através de um link distribuído pelos responsáveis por segmentos e pelos coordenadores de alas de comunidade. Os votos serão processados pela agência de marketing da Mocidade e encaminhados para a diretoria. Votos de pessoas não cadastradas e não aptas para participar deste processo serão anulados.

O resultado de como votou cada setor da Mocidade, incluindo os votos de sócios torcedores dados na semifinal, serão divulgados no site da escola na segunda-feira (16). Para Rodrigo Pacheco, vice-presidente da Mocidade,  todo esse processo democrático fortalece o projeto de carnaval que será levado para a avenida.

Acreditamos que esse formato de votação dá voz a todos os envolvidos com o nosso carnaval. Nada mais justo que ouvirmos a opinião de quem estará no desfile defendendo o enredo e cantando o nosso samba”, afirmou.

Sétima escola a desfilar no domingo de folia, a Mocidade levará para a Marquês de Sapucaí o enredo “Namastê: A estrela que habita em mim, saúda a que existe em você“, tema que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Alexandre Louzada. A escola busca o sétimo título de sua história.

Comentários

Comentários