SAMBA CAMPEÃO
SAMIR TRINDADE

ELSON RAMIRES
NEYZINHO DO CAVACO
PAULO LOPITA 77
BETO ROCHA
J. SALLES E GIRÃO
INTÉRPRETES:
TINGA E MARCELO MIMOSO

VAMOS SIMBORA POVO VENCEDOR
CONTAR A MESMA HISTÓRIA
SOU NORDESTINO
ESTRANGEIRO, VERSADOR
ÊH ÊH ÊH VIOLA
VEM DO ARRECIFE
OIO AZUL CABRA DA PESTE
NO DOCE DO MEU AGRESTE
QUERENDO SE LAMBUZAR
OI O MAR MARÉ DE SAUDADE
OI O MAR
PEDINDO PAZ A JAVÉ
PERSEGUIDO NA FÉ
O IMIGRANTE VEIO TRABAIÁ
OH! SAUDADE QUE VAI NA MARÉ
PASSA O TEMPO E NÃO PASSA A DOR

E UM DIA PERNAMBUCO
SEU IRMÃO RECONQUISTOU

LUAR DO SERTÃO, ILUMINA
PRA QUEM DEIXOU ESSE CHÃO
TRISTE SINA
Ô CUMPADI EM SEU PEITO
LEVA UM DÓ

CADA UM EM SEU DESTINO
E A TRISTEZA DÁ UM NÓ

VIXI MARIA
LÁ NO MEIO DO CAMINHO
TEM PIRATA NO NAVIO
O PAGAMENTO NÃO FOI
OURO NEM FOI PRATA
ESSA GENTE APERRIADA
FOI SEGUINDO
Ô GIRA CIRANDA
VAI A CHUVA VEM O SOL
DEIXA CIRANDAR

ENTRA CRIANÇA, HOMEM, MUIÉ
NO ABRAÇO DESSA TERRA
SÓ NÃO FICA QUEM NÃO QUER

É LEGADO, É UNIÃO
É PRESENTE, IGUALDADE
É “NOVIÓRQUE”
PEDESTAL DA LIBERDADE
A MINHA ÁGUIA
EM POESIA DE CORDEL

22 VEZES MINHA ESTRELA LÁ NO CÉU

LÁ VEM PORTELA É MELHOR SE SEGURAR
CORAÇÃO ABERTO
QUEM QUISER PODE CHEGAR
VEM IRMANAR A VIDA INTEIRA
NA CAMPEÃ DAS CAMPEÃS EM MADUREIRA



 

WANDERLEY MONTEIRO
BETO FININHO
SERGIO FONSECA
CIMINELLI E
GABRIEL RUSSO
INTÉRPRETES:
ROGERINHO E HUDSON LUIZ

DE LÁ PRA CÁ, DE CÁ PRA LÁ
MEU REPENTE, DIRREPENTE
DESAGUOU NOUTRO LUGAR
DEU UM BRANCO E AZUL NA GENTE

MEIO CÉU E MEIO MAR
NUMA LEVA DE IMIGRANTES
VENTO E VELA PRA QUEIMAR ÔÔÔ
TRANSFORMOU O QUE ERA ANTES
NO QUE A GENTE VAI CONTAR

PERNAMBUCO ACOLHEU
COM A DOÇURA DE SEU CHÃO
A ESPERANÇA DO EUROPEU
QUE FUGIU DA INQUISIÇÃO
VEIO PORTUGAL DE NOVO
E ESPALHOU TODO ESSE POVO

PRA HOLANDA, PRO CARIBE
PARA NOVA AMSTERDÃ
NUNCA MAIS CAPIBERIBE
MEU AMOR, ATÉ AMANHÃ

COM A VIDA POR UM FIO
DE TANTA ESPADA PIRATA
RUMO AO NORTE DE NAVIO
QUE NOS VALHA
O OURO E A PRATA
BATIZADA PELO INGLÊS
NOVA IORQUE ENFIM CRESCEU
SUA FAMA ENTÃO SE FEZ
E AÍ DEU NO QUE DEU
ATÉ QUE UM BELO SOUVENIR
RECEBEU LÁ DE PARIS
GARANTINDO O IR E VIR
DO QUE É LIVRE NO UNIVERSO
MONUMENTO TÃO DIVINO
QUE GUARDOU TANTO DESTINO
TENDO AO PÉ UM PÉ DE VERSO
COM SOTAQUE NORDESTINO

NÃO HÁ MUROS
PRA CANTAR FRATERNIDADE
A PORTELA FAZ A SUA PARTE
VINTE E TRÊS JUDEUS
ATRÁS DE FELICIDADE
CADA UM UMA ESTRELA
PRA BORDAR NO ESTANDARTE



 

DAVID CORRÊA
DICO DA PORTELA
ALMIR LUA E
RAFAEL BULA
INTÉRPRETE: WANDER PIRES

HOJE EU QUERO NAVEGAR
AMOR NA EMOÇÃO
ENTRA EM CENA A SAUDADE
DE QUEM FOI E QUEM FICOU
NO CORDEL DA IMIGRAÇÃO
DESEJO NOS MARES
ERGUER NOVOS LARES
MEU DESTINO VOU VERSAR
E LÁ VOU EU!
APORTAR NO VELHO CAIS
ME BANHAR NOS ARRECIFES
ESCUTAR BANDA DE PIFE
PRA ADOÇAR A MINHA PAZ

PERNAMBUCO
TEM HOLANDÊS NO GANZÁ
ABRE A PORTA E A PORTEIRA
GENTE DOCE A TRABAIÁ

EU VOU NA FÉ
PELOS BECOS E VIELAS
FEITO SAMBA DA PORTELA
NINGUÉM PODE SEGURAR
O QUE FAZER
SE MEU POVO FOI EMBORA
A ESPERANÇA É SENHORA
OUTRA VEZ A MAREJAR
Ê O MAR!
PARAÍSO DO PIRATA
ME COBRANDO OURO E PRATA
PELO SOL DO AMANHÃ
Ê Ê O MAR!
LÁ SE VAI O MEU BARQUINHO
FAZ DO NORTE O SEU CAMINHO
RUMO A NOVA AMSTERDÃ
O SONHO DE 23 É TÃO PROFUNDO
ACENDENDO UMA CHAMA
DE NOVA YORK PARA O MUNDO
A ÁGUIA DE CANDEIA E MANACÉIA
NESTA LINDA ODISSÉIA
AGRADECE A DEUS… MEU DEUS!
EMBALA OS JUDEUS, POEMA ILUMINADO
NO MANDO AZUL E BRANCO ABENÇOADO

LÁ VOU EU! LÁ VOU EU VERSADOR
A LIBERDADE FAZ MORADA EM MEU TERREIRO
VEM PRA CÁ! VEM PRA CÁ! MEU SENHOR
MINHA PORTELA
É O CORAÇÃO DO MUNDO INTEIRO



 

CELSO LOPES
CHARLLES ANDRÉ
RAFAEL GIGANTE
ALEXANDRE FERNANDES
BIRA, WANDO
E ARI JORGE
INTÉRPRETES:
LELÉU E EVANDRO MALANDRO

HÁ QUEM DIGA: PEREGRINO!
MAS O CERTO É QUE
O DESTINO É “LIBERDADE”
MEU CAMINHO NAVEGUEI (NAVEGUEI)
NO OCEANO DA SAUDADE
O MEU SONHO EM PERNAMBUCO “APORTOU”
NESSA TERRA GENTE DOCE ME ABRAÇOU
UM NOVO LAR PRA VIVER
TRABALHAR, VER MEU FILHO CRESCER
LONGE DA INQUISIÇÃO
QUE VOLTOU DIZENDO NÃO
VI MEU POVO PADECER
(MINHA GENTE)
EITA GENTE ARRETADA
NÃO SE CANSA DE LUTAR
PEGA NA ENXADA
“MARCA” O SEU LUGAR
EITA GENTE ARRETADA
VAI SEGUIR A SUA FÉ
PRA GANHAR UM NOVO MUNDO
NO BALANÇO DA MARÉ

MEU PEITO CHORA
VAI MEU IRMÃO
OS NOSSOS VENTOS
SOPRAM OUTRA DIREÇÃO

LEVO NA BAGAGEM ESPERANÇA
E SITO UM “NORTE”
PARA A SORTE ME ENCONTRAR
NESSE MAR TEM COBRANÇA
A MINHA “PRATA”
ATÉ PIRATA QUER LEVAR
MAS, QUANDO O TEMPO SE ABRIU
“NOVIORQUE” SORRIU, SE REBATIZOU
FICOU A MENSAGEM GRAVADA NA IMAGEM
NO CHÃO QUE O “INGLÊS” CONQUISTOU
VALEU A PENA ESSE POEMA ETERNIZAR
A PAZ LIBERTA, É VOZ A CANTAR
A MINHA “BANDEIRA”
É “CHAMA” ALTANEIRA
E JAMAIS SE APAGARÁ

CORRI PRA VER
PRA VER QUEM ERA
EU NEM PRECISO FALAR
NO NINHO DA ÁGUIA
NA RUA DE UM SABIÁ
MEU CORAÇÃO FOI MORAR



 

BETO MARTINS
GUILHERME BAPTISTA
ADILSON PORTELENSE
LUIS CAFFE, BETO GRILLO
CÂNDIDO DO CAVACO
SÉRGIO PEREIRA E LUIZ DIAS
INTÉRPRETE: SERGINHO DO PORTO

RAIOU A LIBERDADE
TANTA VERDADE
SALVE ESSE POVO DE FÉ
CICATRIZANDO A FERIDA
GENTE SOFRIDA
NESSA TERRA FINCOU O PÉ
DE REPENTE FOI DE LÁ PRA CÁ ÔÔÔ
DIRREPENTE FOI DE CÁ PRA LÁ
POR OBRA E GRAÇA DO DESTINO
A SAGA DO PEREGRINO
VOU COM A PORTELA CANTAR

HAVA NAGUILA HAVA
PRA AMENIZAR TODO SEU SOFRER
HAVA NAGUILA HAVA
TRAZ ALEGRIA PRO SEU VIVER

FICOU MAIS DOCE O SERTÃO
ENRIQUECERAM A REGIÃO
MAS A TIRANIA VOLTARIA
PELOS VENTOS DA OPRESSÃO
FUGIU, PEGOU SUA ESPERANÇA
E FOI-SE EMBORA
PIRATAS E TORMENTAS MAR AFORA
PROMESSAS DE NÃO
SE ENTREGAR JAMAIS
E ASSIM, A ROCHA
E A ESTRELA FIRMAM A SORTE
PISANDO O CHÃO DA AMÉRICA DO NORTE
PORTAL DA IGUALDADE, AMOR E PAZ

AS ÁGUIAS VÃO VOAR
SÃO 23 ESTRELAS LÁ NO CÉU A BRILHAR
DE PERNAMBUCO A NOVA IORQUE
EU SOU PORTELA
A MENSAGEIRA DO AMOR NA PASSARELA



 

BITA DA PORTELA
ADILSON FRANCO
LUIZINHO DA LIGHT
CÉSAR DO CAVACO
CHICÃO DO CAVACO
RAFAEL VIEIRA
JURANDIR 100% SAMBA
PERY NOGUEIRA
GUARACY LENDA VIVA
E CARIOCA
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL:
CÉSAR ANTUNES
INTÉRPRETE:

VOU CONTAR A HISTÓRIA
DOS IMIGRANTES EM PERNAMBUCO
NESSE SOLO BRASILEIRO
EITA POVO ESTRANGEIRO
SE ENCANTARAM COM TANTA RIQUEZA
HOLANDESES SE APOSSARAM
IMPLANTANDO A PRODUÇÃO
JORRA GARAPA, O AÇÚCAR
O PROGRESSO EM NOSSO CHÃO
É DOCE, É DOCE
DEIXA A MOENDA GIRAR
É DOCE, É DOCE
CANA DE AÇÚCAR IÁ IÁ

PRA FALAR DE SAUDADE
ESPERANÇA, IMIGRAÇÃO
PUXA O FOLE SANFONEIRO
SOB O LUAR DO SERTÃO

APÓS A RETOMADA PORTUGUESA
JUDEUS E HOLANDESES
TIVERAM QUE PARTIR
EM BUSCA DA PROSPERIDADE
BATALHAS, DESAFIOS ENFRENTAR
TORMENTAS ALÉM-MAR

PIRATARIA COBIÇA TESOURO
BARGANHA DA PRATA
BARGANHA DO OURO

AOS PÉS DO MONUMENTO
UM LEGADO, UM LAMENTO
A ÁGUIA VEM COROAR
O SONHO DA AMÉRICA

TEM PAZ NO POEMA E LIBERDADE
NA CHAMA DO AMOR, FELICIDADE
ABRIU-SE UM PORTÃO
MIGREI TÔ MAIS BELA
VIM DE MADUREIRA
MEU NOME É PORTELA



 

CAIXA D’ÁGUA
TIÃO SAPÊ, DAVID BRUNO
JORGE MIRIM
ÂNGELO CAMPEÃO
MARCIO LOPES
TONHO DE ROCHA MIRANDA
RIBEIRO SORRISO E
DOIM DO SURDO
INTÉRPRETE:

SOU AZUL E BRANCO DE MADUREIRA
SOU BENDITA SOBERANA
SOU ALTANEIRA
A GRANDEZA É MEU LEMA
ESSA HISTÓRIA ME SEDUZ
CHEGOU PORTELA
FILHA DE OSVALDO CRUZ
A MINHA ÁGUIA AVISTOU
VINDO DE TERRA DISTANTE
A VIDA INCERTA DE IMIGRANTE
EM BUSCA DE UM NOVO HORIZONTE

NO RUFAR DO MEU TAMBOR
TABAJARA VAI TOCAR
PERNAMBUCO ANUNCIOU
A RIQUEZA TÁ NO AR
TERRA LINDA DOCE TERRA
AO CONVITE DO HOLANDÊS
MEU COSTUME MINHA FÉ
SEM O DOMÍNIO PORTUGUÊS

LÁ SE VAI
A ESPERANÇA NÃO SE FINDA
QUERER TOCAR NUM SOLO
CONQUISTAR UM NOVO CHÃO
NESSA SAGA OPRIMIDA
DE CÁ PRA LÁ
TEM PIRATAS
COM PODER E AMBIÇÃO
A QUESTÃO FOI RESOLVIDA
JUDEU E CABRA DA PESTE
SEGUIRAM PARA ALÉM MAR
O MAR QUE LEVA AO DESTINO
A NOVA AMSTERDÃ
É O NOVIORQUE COBIÇADA
FUNDADA PELA MÃO DA IMIGRAÇÃO

A CHAMA DA LIBERDADE BRILHOU
UM BRINDE A VIDA
COM UM SORRISO FESTEJOU
VAMOS VIVER EM HARMONIA
IGUALDADE PAZ E AMOR



 

CLAUDINHO MENEZES
FÁBIO SIMÕES
LUIZ BARBUDO
SERGIO DA BOINA
E VICTOR DO CHAPÉU
INTÉRPRETE: GONZAGUINHA

HAJA CORAÇÃO
A PORTELA ENTRA EM CENA
EM LIVROS DE CORDEL PRA TE MOSTRAR
UM POVO FORTE, DEVOÇÃO, BELOS POEMAS
DE UM PASSADO QUE SE FAZ PRESENTE
DAQUELES QUE SONHAM
PELO MUNDO AFORA A SE AVENTURAR

DE REPENTE DE LÁ PRA CÁ
“DIRREPENTE” DAQUI PRA LÁ
OXENTE, VOLTEI PRO MAR
EM “NOVIORQUE”
MINHA PAZ EU FUI BUSCAR

O “OURO BRANCO”, DOCE RIQUEZA
FEZ PERNAMBUCO PROSPERAR
E A COBIÇA ME TIROU
(ME TIROU) DESSE LUGAR
EU QUERO É MAIS SHALOM SHALOM
CONSTRUIR FELIZ CIDADE
DE VERDADE, OUVIR O SOM
DO ARRASTA-PÉ E A SANFONA
DEPOIS PROVAR
MEL DE ENGENHO COM CACHAÇA
QUE A MORENA FOI BUSCAR
DOCE POEMA “EMMA” ETERNIZOU
LIBERDADE ILUMINA
O MEU POVO POR FAVOR
QUE O SEU FAROL
NOS TRAGA A CHAMA DO AMOR

VEM, OH! MINHA ÁGUIA
NA PASSARELA SOBREVOAR
A LUZ DO NOSSO COLOSSO
REFLETE O BRILHO DO TEU OLHAR
MAIS UMA ESTRELA
AZUL E BRANCO A ME GUIAR



 

DARCY MARAVILHA
CARLINHOS MADUREIRA
PHÁBBIO SALVATT E
LÚCIO MARIANO
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL:
PAULO FORMIGÃO E NÊGO
INTÉRPRETE: LICO MONTEIRO

DEIXA EU CANTAR
EXTRAVASAR TODA A MINHA ALEGRIA
PORTELA VEM CONTAR
UMA HISTÓRIA DE ESPERANÇA
EM NOVO DIA
O IMIGRANTE QUE FUGIU DE PORTUGAL
PERSEGUIDO PELA INQUISIÇÃO
CHEGOU A PERNAMBUCO EM BUSCA
DE PAZ E LIBERDADE
E O RESPEITO A DIVERSIDADE

VOU PENDURAR A POESIA NO CORDEL
PRÁ QUEM QUISER COMPRAR
DIVULGUE AÍ, DAQUI PRA LI
E DE LÁ PRA CÁ

DE GUERRA EM PAZ
DE PAZ EM GUERRA
TODO POVO DESSA TERRA
LUTOU PRA SOBREVIVER
QUE PAGOU EM OURO E PRATA
A SUA LIBERTAÇÃO
E LÁ SEGUIU EM BUSCA
DE NOVOS CAMINHOS
CHEGANDO EM NOVA AMSTERDAM
TU ÉS A PRÓPRIA LIBERDADE
DE VOCÊ TENHO SAUDADE
NOVA YORK É A TENTAÇÃO

MULHER PODEROSA, COLOSSAL
QUE VEIO ILUMINAR
O NOSSO CARNAVAL
MÃE DO EXÍLIO
QUE ACOLHE COM AMOR ÔÔ
NUM ABRAÇO UNIVERSAL



 

ELIANE FARIA
FRANCO CAVA
ELI PENTEADO
RUTE LEHMAN LABRE
WANDER TIMBALADA
ARNALDO MATHEUS
ARNALDO RIPPEL
OSMAR GONÇALVES
RIC SANTIAGO
E PROFESSORA SÔNIA
INTÉRPRETE: CIGANEREY

SE ACHEGUE PRAMODE PROSEAR
AO SOM DA VIOLA DE UM MENESTREL
DE AZUL E BRANCO EU VIM CONTAR
VESTINDO A FANTASIA DE UM CORDEL
A SAGA DE UM POVO
QUE VEIO DE ALÉM-MAR
BUSCANDO NO HORIZONTE UM NOVO LAR
MARCADOS PELA MÃO DA INTOLERÂNCIA
UNIDOS PELA FÉ E ESPERANÇA

DE LÁ PARA CÁ
SAUDADE INVADE, MEU BEM!
DAQUI PRA LÁ
SAUDADE BATE TAMBÉM

ÊTA TERRA HOSPITALEIRA
RICA E DOCE PRÁ DANAR!
ERA A HOLANDA BRASILEIRA
PRA QUEM “QUISÉ CHEGÁ”
MAS, PERSEGUIDOS
NO DOMÍNIO PORTUGUÊS
DIRREPENTE DE LÁ
PARTIRAM DE VEZ

VOU NAVEGAR NESSE MAR
É NESSA ONDA QUE EU VOU
ÔÔ, ÔÔ
SEGUINDO O DESTINO QUE SONHEI
PIRATAS NO CARIBE ENCONTREI

SOPRA O VENTO QUE LEVA PRO NORTE
DAQUELA SEMENTE NASCEU NOVA IORQUE
E DE LONGE EM FORMA DE ARTE
NO PORTAL DOURADO, A LIBERDADE
TRAZ A MENSAGEM DE PAZ NO PEDESTAL
GUIANDO A ÁGUIA NESSE CARNAVAL

MEU NOME É PORTELA
NÃO POSSO NEGAR!
SOU A MAJESTADE DO SAMBA
POEMA DE AMOR
AOS PÉS DA JAQUEIRA
RAIZ DE OSWALDO CRUZ E MADUREIRA



 

GABRIEL GUIMARÃES
(O POETA DO RIO)
E RUY IPANEMA
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: GÊPG
INTÉRPRETE: GABRIEL GUIMARÃES
(O POETA DO RIO)

COM PERFUME DA ROSA
E CORES DO CÉU
NOSSA PORTELA
EM CONTOS DE CORDEL
EMIGRANTES PASSARAM AQUI
EM LUTA CONSTANTE
PARA NÃO SUCUMBIR
JUDEUS ASSUMINDO A SUA MISSÃO
DEIXARAM TUDO PRA TRAZ
FUGINDO DA INQUISIÇÃO
PRA PERNAMBUCO
EM BUSCA DA PAZ

MANTIVERAM SUA CRENÇA
CUMPRIRAM SEU PAPEL
CULTIVANDO A CANA DE AÇÚCAR
DOCE COMO FAVO DE MEL

QUANDO PORTUGAL
RETOMOU O NORDESTE
DEIXARAM O CABRA DA PESTE
SE DIVIDIRAM EM TRÊS
HOLANDA, CARIBE
E AMSTERDÃ DESSA VEZ
LÁ NA AMÉRICA, OURO E PRATA
TIVERAM QUE ENTREGAR
E SEM NADA RECOMEÇAR

NOVA IORQUE É O QUE É
GRAÇA ESSA GENTE DE FÉ
SOFRIDA, EXILADA
DEIXOU NA LIBERDADE
SUA HISTÓRIA GRAVADA



 

GAÚCHO, CAMARÃO NETO
PIRIQUE NETO
NANDO GIGANTE
ZEQUINHA COSTA
LELÊ DO CAVACO
THIAGO MACIEL
FRED LIMA
FEIJU E PITER
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL:
SÉRGIO PINTO, ALAN
E RUBINHO MONOTONIO

INTÉRPRETE: EMERSON DIAS

BRILHOU A ESPERANÇA
DE UM NOVO DESTINO
SONHOU A FELICIDADE ALCANÇAR
PARTIU SEGUINDO CAMINHOS
NO AZUL DAS ONDAS
QUE ENFEITAM O MAR
A COBIÇA HOLANDESA EXPLOROU
A DOCE RIQUEZA DO LUGAR
“OH! LINDA”
TERRA QUE A MUITOS ACOLHEU
DE TANTO PRECONCEITO O JUDEU FUGIU
DAS TERRAS PORTUGUESAS NO BRASIL
QUE NÃO FOI TÃO GENTIL
DE NOVO O SONHO
DE UM SONHO SE DESFAZ
EM LUTAS INGLÓRIAS
E “GUERRAS SEM PAZ”

SE ESPALHARAM
TENTANDO A SORTE ENCONTRAR
NO BALANÇO DO MAR!
NO BALANÇO DO MAR!
COM A TORMENTA
O NAVIO PIRATA ABORDOU
CARREGANDO A DOR!
CARREGANDO A DOR!

A TEMPESTADE PASSOU
O SOL CLAREOU
DESPERTANDO A BONANÇA
E CONSTRUINDO A MORADA
BEM DISTANTE DO LAR
“QUE SAUDADE DO MEU LUGAR”
“É ELA”…
VOZ SILENCIADA DE UM POVO
ACOLHE A LIBERDADE DESSA GENTE
SEMPRE CRIADA A PROSPERAR
PORTELA… SÃO 22 VEZES PORTELA
“POEMAS” PRA ENCANTAR A PASSARELA
MAIS UMA VEZ É DE ARREPIAR!

“DIRREPENTE” DE CÁ PRA LÁ EU VOU
NOVAMENTE MEU PEITO ENCHEU DE AMOR
OH, MINHA ÁGUIA QUERIDA
TU ÉS ESTRELA DA VIDA
A MAJESTADE DO SAMBA CHEGOU



 

GERSON PM
BETO DA PORTELA
EDSON PRETINHO
RAPHAEL MARQUES
BRUNO LIMA E
THIAGO NA FÉ
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: VALMIR
INTÉRPRETE: DIGU’S SILVAH

VOU FESTEJAR
A ÁGUIA ME FAZ SONHAR
ABRO O MEU CORAÇÃO
CHEIO DE EMOÇÃO
SOU PERSONAGEM DESSA HISTÓRIA
NESTE CENÁRIO COBERTO DE GLÓRIA
FOI EM PERNAMBUCO
ONDE TUDO ACONTECEU
OS JUDEUS
SUFOCADOS E PERSEGUIDOS
NUM VAI E VEM SOFRIDO
VEM DA CANA
A RIQUEZA QUE COBIÇA DESPERTOU
A CRENÇA QUE FORTALECE A MINHA FÉ
É O RESPEITO NA NOSSA RELIGIÃO

SOU ESTE POVO NORDESTINO
VOU PLANTANDO NESSE CHÃO
SOMOS OS FRUTOS DESTA TERRA
FUGINDO DA INQUISIÇÃO

SEGUINDO NO SEU SONHO SONHADO
E ASSIM, FUI LEVANDO O MEU VIVER
NA HOLANDA, NO CARIBE
OU EM NOVA AMSTERDÃ
NA ESPERANÇA DE UM NOVO AMANHÃ
NESTE NAVIO TEM OURO, TEM PRATA
SAIA DESSA ONDA, LÁ VEM PIRATA
FRANÇA COMO É LINDO O GESTO SEU
O ROMANTISMO DESSA ESTÁTUA
EM NOVIÓRQUE POESIA ESCREVEU
E VEIO ENCANTAR OS VERSOS MEUS

OH! LIBERDADE
A TUA CHAMA ILUMINA E CLAREIA
TRAZ A PAZ E A IGUALDADE
COM A PORTELA CHEIA DE FELICIDADE



 

JORGE DO BATUKE
GILSON RAIZ DA FLOR
LUIZ MATOS, MADALENA
CLAUDINHO OLIVEIRA
ROGÉRIO LOBO
PEDRINHO SAMBOTECO
VALTINHO BOTAFOGO
DEBORA PAZ E ARAGUACI
INTÉRPRETES:
ZÉ PAULO SIERRA E THIAGO BRITO

SE ACHEGUE SEU MOÇO
QUE EU VOU LHE CONTAR
A HISTÓRIA DO POVO
QUE VEM E ALÉM MAR
EM BUSCA DO SONHO
DE UM MUNDO NOVO
DOCE RIQUEZA GERMINOU
FORÇA DA FÉ, RELIGIÃO
E FOI NASSAU
QUEM NOS DEU PROTEÇÃO
NA PAZ DE UM NOVO LAR
SE FEZ UM TEMPLO PRA ETERNIZAR
E PORTUGUESES
DE PERNAMBUCO VÃO NOS EXPULSAR

Ó MEU BRASIL
LEMBRANÇAS SÃO MARCAS
QUE O TEMPO DEIXOU
MEU CANTO É UM ELO
UM GESTO DE AMOR
A SAGA DE GENTE
VALENTE E GUERREIRA
ECOOU EM MADUREIRA

PARTI NAS ÁGUAS DA SOLIDÃO
SENTI SAUDADE DOS MEUS IRMÃOS
ENFRENTEI TORMENTAS
PIRATAS MAIS AMBIÇÃO
A ESPERANÇA NOS GUIANDO
UM NOVO SOL VAI APORTAR
NO AZUL E BRANCO DAS ONDAS DO MAR
OXENTE ENFIM FELICIDADE
VENCI, ERGUI A MÃE DA LIBERDADE
NO POEMA UMA LINDA HOMENAGEM
VOLTEI DE REPENTE
DE LÁ PRA CÁ, PRA TE ABRAÇAR

VOA MINHA MAJESTADE
NESSE SONHO DE IGUALDADE
NOSSAS ESTRELAS VÃO BRILHAR
O LIMITE É O CÉU
FAZ DO SAMBA UM CORDEL
PORTELA EU JURO
PRA SEMPRE TE AMAR



 

JORGE NASCIMENTO
MARCOS GLORIOSO
EDMILSON NUNES
MAX BLESE
TIGRE DA PORTELA
E ROBERTINHO SORRISO
INTÉRPRETE: NIU SOUZA

UM SONHO DE LIBERDADE
A ÁGUIA FOI BUSCAR
SE LIGA É A PURA VERDADE
A PORTELA VAI CONTAR
DESEMBARCOU NO RECIFE
QUE ERA DO HOLANDÊS
É ISSO MESMO QUE EU DISSE
FUGIU DO REI PORTUGUÊS
ALI TRABALHOU, ÔÔ
NA FÉ PROSPEROU ÔÔ
A SAUDADE CONSTANTE
O VAI E VEM HUMILHANTE
O SOLO DE PERNAMBUCO ADOÇOU

O DONO DA TERRA
RETOMOU O QUE ERA SEU
E O SONHO TÃO SONHADO
NOVAMENTE SE PERDEU

JOGO NO MAR SUA SORTE
FICOU REFÉM DA PIRATARIA
A ESPERANÇA FOI MAIS FORTE
UMA NOVA AMSTERDÃ SURGIA
A CHAMA DA LIBERDADE ACENDEU
NO SONHO A PAZ RENASCEU
DAÍ VIROU NOVIÓRQUE
E FOI ASSIM QUE ASSUCEDEU
DA FRANÇA… UM PRESENTE
A MÃE DO REFUGIADO
A SEUS PÉS, OXENTE!
LINDO POEMA
AO IMIGRANTE E AO EXILADO
DE REPENTE DE LÁ PRA CÁ
E DIRREPENTE DE CÁ PRA LÁ
TODO MUNDO MISTURADO
DA GENTE TEM UM BOCADO

MADUREIRA E OSWALDO CRUZ
MAJESTADE DO SAMBA
DE AZUL E BRANCO NA FRATERNIDADE
ABRE O CORAÇÃO PARA FELICIDADE



 

JOSETH RODRIGUES
JUREMA MATOS
KRYSSHOW PORTELLA
WAGNER ESCÓSSIA
ALAN MOURA
WANDER DA ILHA
WAGNER MATTAR E
JORGE MENDES
INTÉRPRETE: RONALDO GOMES

SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA
CHEGOU A HORA VOU CONTAR
E POR MAIS QUE CAUSE ESPANTO
A ÁGUIA VAI LHE APRESENTAR
VINDOS DE UM PAÍS DISTANTE
HOLANDESES A EXPLORAR
A RIQUEZA BRASILEIRA
EM PERNAMBUCO VIERAM APORTAR
DE PORTUGAL
FUGINDO DA SANTA INQUISIÇÃO
JUDEUS COM A MESMA DECISÃO
SÓ QUERIAM PRATICAR
EM LIBERDADE A SUA RELIGIÃO
MAS O TEMPO PASSOU
A TORMENTA VOLTOU
E OS PORTUGUESES
RETOMARAM AQUELE CHÃO
QUE TRISTE SINA MEU DEUS
SE DIVIDIRAM EM TRÊS
E DE RECIFE PARTIRAM DE VEZ
E ASSIM, COM DESTINO AVENTUREIRO
EM BUSCA DA PRÓPRIA SORTE
QUASE ENCONTRARAM A MORTE
AO NAVEGAR
ATÉ A NOVA AMSTERDÃ CHEGAR

EITA TERRA BOA SÔ ÔÔÔ
ESCOLHIDA PRA MORADA
FAMOSA NO MUNDO INTEIRO
“NOVÍORK” FOI CHAMADA

DA FRANÇA VEIO O PRESENTE
QUE UM LINDO POEMA TRAZ
ILUMINANDO SEUS FILHOS
POR SEUS GRANDES IDEAIS
E NESTE PORTAL DOURADO
DE LÁ PRA CÁ, DE CÁ PRA LÁ Ô
IMIGRANTES PRA TODO LADO

O MAR AZUL EMBALOU A SAUDADE
LEVANDO A ESPERANÇA NUM SONHO REAL
A PAZ, O VIVER SEM TEMOR
UM CONTO DE OUTRORA A PORTELA ABRAÇOU



 

LUIZ RANGEL
RENATO DE HONÓRIO
LOPES DA PORTELA
ROBERTO MARECHAL E
EDIVALDO MIRANDA
INTÉRPRETE: NEGO MARTINS

FOI LINDO SEMEAR AQUELA TERRA
ERA TÃO DOCE
E ESSA GENTE MAIS FELIZ
ENFIM TINHA AS PORTAS ABERTAS
ESPERANÇA MAIS CERTA
DE TER UM LAR E SER FELIZ
O MEDO DA TRISTE INQUISIÇÃO
NAS SOMBRAS AS NOSSAS ORAÇÕES
GIRANDO O MUNDO MEU POVO A GIRAR
DAQUI FOI PRA LONGE
E DE LÁ VEIO PRA CÁ
NAVEGUEI POR DUROS TEMPOS
SETE MARES NAUFRAGUEI
MUITA MALDADE NAVIOS PIRATAS
NO BRASIL EU APORTEI

É MAR ADENTRO AMOR É MUNDO AFORA
LEVANTO A VELA DA SAUDADE
E VOU EMBORA
ESSA JORNADA A PORTELA
PEDIU PRA CANTAR
MEU POVO É FORTE
E NÃO SE CANSA DE LUTAR

MISTÉRIOS, SEGREDOS
CAMINHOS QUE NOS LEVA A CRIAÇÃO
UM MUNDO SEM MEDO
COM A FORÇA DO TRABALHO E DEVOÇÃO
UM PASSADO VINDO TÃO DISTANTE
GENTE QUE VIERAM CONQUISTAR
UNIÃO DE POVOS TÃO MANEIROS
DE JUDEUS E BRASILEIROS
NOVIÓRQUE FOI À LUZ
A LIBERDADE E A PAZ
MELHOR JAMAIS SE VIU
POEMA DE IMIGRANTES DO BRASIL

NAS ASAS DA ÁGUIA EU VOU VIAJAR
A TERRA SEM FIM EU HEI DE ENCONTRAR
VOU DESBRAVAR SER O PRIMEIRO QUE VEM
LIBERTA QUE SERÁ TAMBÉM



 

MARQUINHOS DO PANDEIRO
FLAVIO VIANA
CHARLES BRAGA
MANU, GUSTAVO HENRIQUE
SAINTCLAIR CUNHA
RAFAEL CAVALIERE
LULA, RENATINHO 7 CORDAS
E DÉO
INTÉRPRETE: ANDERSON PAZ

CHEGA MAIS EU, MENINO
VEM OUVIR OS “CAUSOS”
DESSE SEU LUGAR
UM CANTADOR NÃO “BOLE” COM DESTINO
MAS PÕE ASA NA PALAVRA
PRO MUNDO “AVOAR”
ERAM JUDEUS FUGIDOS DA FOGUEIRA
PROS CANAVIAIS DE UM RECIFE HOLANDÊS

NO TOMA LÁ DA CÁ
DA HISTÓRIA BRASILEIRA
PORTUGAL MANDOU
FUGIREM OUTRA VEZ

E FOI “CABRA” LÁ PRAS BANDAS
DO CARIBE E DA HOLANDA
OUTROS FORAM PRISIONEIROS
DE PIRATAS “ARENGUEIROS”
LIVRADOS DA MORTE
SE “ARRIBAM” PARA O NORTE
E FUNDAM A CIDADE
QUE HOJE CHAMA NOVA IORQUE
LÁ TEM A ESTÁTUA TAMBÉM
VINDA DO ESTRANGEIRO
TODO POVO TEM UM POUCO
DO MUNDO INTEIRO

CHEGA MAIS EU, MENINO
ME “ARRESPONDE” ESSE REPENTE
A GENTE MUDA DE LUGAR
OU O LUGAR MUDA DA GENTE?

NESSE VERSO AZUL E BRANCO
O POEMA DA LIBERDADE
PEDE TETO AO SEM ABRIGO
REFUGIADOS DA TEMPESTADE
QUEM CONTA UM CONTO
NEM SEMPRE AUMENTA UM PONTO
O CORDEL É MINHA ARTE
MAS O SAMBA É O ESTANDARTE
QUEM É PORTELA
TEM HISTÓRIA EM TODA PARTE

VAI, MENINO, VAI
LEVA ESSA PROSA, ABRE FRONTEIRAS
NA BATUCADA DO TAMBOR DA TABAJARA
SAMBA E CANTA O SONHO DE MADUREIRA



 

ORLANDO BICO DA ÁGUIA
XAVIER E ORLANDO FREITAS
INTÉRPRETE:

BRILHOU
UM NOVO HORIZONTE NESSA TELA
PORTELA UMA LINDA
HISTÓRIA VEM CONTAR
APORTOU EM PERNAMBUCO
HOLANDESES COBIÇOSOS
ATRAINDO IMIGRANTES PERSEGUIDOS
PELA INQUISIÇÃO EM PORTUGAL
QUE SE DEDICARAM AO COMÉRCIO
E AO ENGENHO DE AÇUCAR
OURO BRANCO SUA ESPERANÇA ADOÇOU
NESSA LINDA TERRA NORDESTINA
BELEZA QUE MEU DEUS CRIOU
E PORTUGAL RECONQUISTOU
CARAVELAS NO AZUL DESSE MAR
COM MUITA FÉ VOU NAVEGAR

VOA MINHA ÁGUIA
GUERREIRA VAI CONQUISTAR
A TÃO SONHADA PAZ A LIBERDADE
REPOUSA À SOMBRA DA VELHA JAQUEIRA
POEMA DE OSVALDO CRUZ E MADUREIRA

E DE REPENTE DE LÁ PRA CÁ
DIRREPENTE DE CÁ PRA LÁ
TRISTE SINA DE UM POVO
QUE NA AMÉRICA DO NORTE
QUASE ENCONTRARAM A MORTE
EM BUSCA DE UM NOVO MUNDO
ADEUS MINHA TERRINHA
UM DIA VOLTO PRA TE VÊ
SE PIRATAS NÃO ME DETERAM AMOR
NOVA-IORQUE MEU NORDESTE É VOCÊ
VIA A LIBERDADE ILUMINANDO O MUNDO
MEU CANTAR PRA ONDE
VIAJOU O MEU SONHAR

VOU NAS ASAS DA ÁGUIA
MAIS UMA ESTRELA ALCANÇAR
SOU NORDESTINO IMIGRANTE
COM A PORTELA A DESFILAR



 

SOM DO TRAMELA
EDYNEL, ZEZÉ DO PANDEIRO
JOÃO MALANDRAGEM
YURI SOARES
WALDYR GUIMARÃES
ROGER RESENDE
PAULINHO LETRA
THODDYNHO SHOW E
MARCOS LAURIANO
INTÉRPRETES:
PIXULÉ, ELDER E ALÊ ALVES

DE REPENTE
MINHA ÁGUIA VIU BRILHAR NO HORIZONTE
A LUZ DA POESIA ETERNA FONTE
EXPRESSA EM LITERATURA DE CORDEL
DOCE PERNAMBUCO COBIÇADO
POR HOLANDESES OCUPADO
UM PEDACINHO DO CÉU
ACOLHEU JUDEUS
PERSEGUIDOS PELA INQUISIÇÃO
EM BUSCA DE PAZ, HAVIA ESPERANÇA
EM TRABALHAR E CULTUAR SUA RELIGIÃO

OLHA OME SEU MININU
FOI MOTIVO DE EUFORIA
O SONHO REALIZADO
FESTEJADO EM HARMONIA
UM POVO DETERMINADO
CELEBRA A FÉ A CADA DIA

DIRREPENTE PORTUGUESES
FORAM PEDRAS NO CAMINHO
OUTRO RUMO A SEGUIR
ATACADOS POR PIRATAS DO CARIBE
CUJO LEMA PERSISTE
EM RIQUEZAS CONSEGUIR
NUM RARO GOLPE DE SORTE
ESCAPARAM DA MORTE
CHEGANDO À NOVA AMSTERDÃ
VIRAM RESSURGIR A CONFIANÇA
E A CERTEZA DE UM NOVO AMANHÃ
EM NOVA YORK FLORESCEU PROSPERIDADE
UM NOVO TEMPO DE AMOR E FELICIDADE
A TABAJARA ROMPE BARREIRA
CANTA OSWALDO CRUZ E MADUREIRA

OH! MÃE DOS EXILADOS
O PORTAL DOURADO É O SOL DA LIBERDADE
PULSA MAIS FORTE O CORAÇÃO
NA PORTELA QUE É DO SAMBA MAJESTADE



 

ZECA SERENO
CLAUDINHO DVD
ALCINO DO PEGA PEGA
FELIPE QUIRINO
JURANDIR TERRA
ZÉ DA PONTE
JOÃO LOURENÇO
GUIDO CALVET E JORJÃO
INTÉRPRETE: IGOR SORRISO

MINHA GENTE SE ACOMODE QUE É HORA
VAI PASSAR A CAMPEÃ DA AVENIDA
DONA DA MAIS BELA HISTÓRIA
PORTELENSE, ATÉ NAS DORES, ACREDITA

DE ALÉM-MAR, A COBIÇA HOLANDESA
PERNAMBUCO, TERRA DE “DOCE” RIQUEZA

SONHAR E ENCONTRAR NESSE CHÃO
PORTAS ABERTAS À IMIGRAÇÃO
RESPEITO A TODAS AS CRENÇAS
SEM DIFERENÇAS E PERSEGUIÇÃO

DE LÁ PRA CÁ, QUEM APARECEU?
FOI PORTUGAL
PRA EXPULSAR O POVO JUDEU
DE CÁ PRA LÁ, CILADA! QUEM VIU?
ENTRE A CRUZ E A ESPADA
UM NAVIO PIRATA SURGIU

VIRANDO A PÁGINA, NOVO DESTINO
NAVEGANDO EM BUSCA DE PAZ
UM POVOADO AINDA MENINO
HOJE TEM FAMA SINGULAR
AO CHEGAR…
A LUZ DE DAVI A BRILHAR
NAS CHAMAS DA LIBERDADE
FAZ MORADA A POESIA

PORTELA
NOSSO AMOR NÃO TEM FRONTEIRAS
E FAZ OSWALDO CRUZ E MADUREIRA
CANTAR, CANTAR, CANTAR!

SALVE ELA, PORTELA CHEGOU
ALTANEIRA, ABRE AS ASAS PRO AMOR
QUEM DUVIDOU DE MIM
NÃO CONHECE A VERDADE
A ÁGUIA NUNCA PERDE A MAJESTADE



 

EDSON BATISTA
INTÉRPRETE:

PORTELA CONTA A MINHA HISTORIA
E MOSTRA COMO EU VIVI
SOU RETRATO DE UM POVO SOFRIDO
DO EXILIO FIZ MINHA VITORIA
NA FUGA CONSTANTE
A LUTA PELA IGUALDADE
SAUDADE, SOFRIMENTO E DOR
A FELICIDADE DE MIM SE AFASTOU
PLANTEI EM PERNAMBUCO A RIQUEZA
A CANA DE AÇÚCAR FLORESCEU
HOLANDESES NA CHAMA DA COBIÇA
FICARAM COM QUEM ERA MEU

RELIGIÃO NA FORÇA DA OPRESSÃO
VIOLÊNCIA OH! QUANTA CRUELDADE
NOS OLHOS O FUROR DA INQUISIÇÃO
NUM CORAÇÃO CHEIO DE MALDADE

FUI EXPULSO PELOS PORTUGUESES
DESTE PARAÍSO NORDESTINO
MEU POVO TRISTE E DIVIDIDO
DESTA TERRA FOI EMBORA DE VEZ
HOLANDA MEU NOVO LAR SE FEZ
PIRATAS DO CARIBE
O PAVOR EM ALTO MAR
NOVA AMSTERDÃ
VI INGLESES CONQUISTAR
IMIGRANTES DO BRASIL
ESTÃO VIVOS NA MEMÓRIA
NUM PASSADO COBERTO DE GLÓRIA

POEMA DE ANGÚSTIA E ESPERANÇA
GRAVADO NOS PÉS DA LIBERDADE
FUI EXILADO, REFUGIADO E SOFRIDO
MAS NUNCA PERDI A MINHA DIGNIDADE



Comentários

Comentários