Portela emite comunicado oficial sobre o carnavalesco Paulo Barros

Em razão de recentes notas publicadas em jornais sobre o assunto, a diretoria do Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela esclarece que honrou o pagamento de todos os salários do ex-carnavalesco Paulo Barros durante o contrato. No entanto, a última parcela do acordo, que venceu pouco antes do Carnaval 2017, só pôde ser quitada no último dia 14 de março, logo após o recebimento dos repasses de verbas. A dificuldade que a Portela teve foi a mesma enfrentada por todas as agremiações do Grupo Especial, considerando ainda os reflexos causados pela grave crise econômica no País.

A diretoria também reitera que considera a saída de Paulo Barros algo natural e totalmente compreensível dentro da dinâmica do Carnaval, visto que o artista recebeu um convite da coirmã Unidos de Vila Isabel.

Por fim, a Portela ressalta que está empenhada em se fortalecer ainda mais para o Carnaval 2018, quando tentará o bicampeonato. A contratação da carnavalesca Rosa Magalhães, do renomado coreógrafo Sergio Lobato e do casal Marlon Lamar e Lucinha Nobre são provas do esforço da diretoria para continuar mantendo a escola extremamente competitiva na Marquês de Sapucaí.

Comentários

Comentários